quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Dissipando a ilusão...

Observo um pedaço de meu ser...
Nele encontro a matéria em massa condensada, onde consigo tocar, sentir, ver... Desfrutar de todos os sabores do mundo e aproveitar cada instante enquanto estamos aprisionados na armadilha do ego.
Uma pequena Luz brilhante lá no fundo chama a atenção. Com uma suave voz à cantarolar cantigas e cirandas de amor. Pássaros acompanham a melodia, junto com cigarras e vagalumes... Entoam e ecoam por todo o espaço do coração uma bela canção ao luar. É a força da Natureza à chamar... Está na flor, em mim, em ti... Está por todo lugar!
É preciso parar e cessar, esvaziar-se de si mesmo, entregar-se à imensidão da qual fazemos parte em nossa essência de pó de estrelas... Sentir-se parte do TODO.
Nesta caminhada me apresento cheia de esperança para que eu possa me purificar, observar meu caminho, sentir o pulsar do coração e me conectar limpa com essas Supremas Forças... Resplandecer meu ser! Girando em harmonia pelo espiral do verdadeiro tempo! Em plenitude com meu Sagrado completado. Ser Divino! Ser Luz! Ser Amor e claridade!
Com minha coroa conectada com o Astral, meu coração ampliando suas vibrações, os pés firmados na Terra e com a espada e o escudo nas mãos, estou pronta para triunfar!
Para a vida ser sempre feliz!