sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Força do Sol... Força da Lua



Vem chegando o Solstício de Verão...
Me preparo para receber toda a potência da Força do Sol.
É na noite de Lua Cheia... Cheia de amor, esperança e alegria!
As Forças da Natureza se revelando e abrindo novos portais para o novo tempo que está para nascer...
Precedendo o nascimento do Filho do Astro Rei!
Me concentro e conecto com toda essa movimentação de energia para que dentro de mim, só haja essa bela Luz de prosperidade...
Em passos compassados, pensamentos firmados, estou satisfeita e em paz com o Universo inteiro... Rumo ao pleno equilíbrio de minha existência, no caminho Sagrado do Sol e da Lua!
É o tempo do Amor...

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Re-conhecendo o Amor...


   Muitos caminhos se abriram durante a longa trajetória da vida...
Caminhos com flores, outros espinhentos, alguns cheios de pedras pontudas e obstáculos, outros vazios e silenciosos...
   Na perseverança e persistência, segui me firmando, orando, rogando e pedindo para que nevoeiros e tempestades não mais me alcançassem molhando minhas asas, estava em busca da paz em meu interior, me esforçando para que pensamentos contrários não atingissem meu propósito e nem o dispersasse.
   Adentrei esta batalha, modificando os padrões das vibrações do meu coração, sentindo cada detalhe do avanço dos passos que eu estava dando... Acalmei... Serenei... Corrigi aquilo que muitas vezes teimava em persistir... Esperei... Aguardei...
   Observando o delicado movimento do Universo e seus astros, focando a intenção no propósito maior, acima da linha da vida e da morte, do bem e do mal, seguindo aquilo que estava designado à mim... Neste caminho, sozinha, aprendi muito sobre a minha própria companhia, as feridas que ainda tinha, o amor por mim mesma que eu sentia, de onde ele brotava e ainda as margaridas do tempo que eu trazia.
   Senti o vento da esperança renovada soprar, com ele veio as flores da Primavera do meu coração. Entre tantos primores, batalhas vencidas, mortes e renascimentos, esta brisa suave me trouxe o brilho do verdadeiro amor, pois agora chegou o momento de compartilhar alegrias e sorrisos...
   Com pureza e transparência me dispus à receber este tão belo presente das mãos do Criador. Me entreguei aos desígnios desta Força Maior e tudo resplandeceu neste momento! Veio chegando a Paz, acompanhada de Anjos que vieram tocando suas cornetas para saudar este encontro que já havia se dado no plano astral... Como as flores que aguardam a chuva para lhes alimentar e refrescar, estava eu à aguardar este príncipe celestial chegar. No encontro consagrado deste amor imenso nos unimos para vivenciarmos a plenitude e a verdade que a fé nas boas obras há de realizar sempre que se acreditar e confiar.
   Juntos estamos e juntos seguimos para testificar a clareza das preces, do amor, da comunhão dos seres... Mostrando através das nossas vidas que é possível transmutar quaisquer energias densas, trabalhá-las e fazê-las sorrirem plenas de cores e vigor... Sendo e não parecendo, o brilho deste belo arco-íris de promessas cumpridas que habita em nossa essência. Equilibrando a força do Sol e da Lua... Sagrado Feminino que sou, Sagrado Masculino que és, para irradiarmos e propagarmos este amor aos quatro cantos do Universo!

   Que todos os seres realizem sempre suas aspirações mais íntimas!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Dissipando a ilusão...

Observo um pedaço de meu ser...
Nele encontro a matéria em massa condensada, onde consigo tocar, sentir, ver... Desfrutar de todos os sabores do mundo e aproveitar cada instante enquanto estamos aprisionados na armadilha do ego.
Uma pequena Luz brilhante lá no fundo chama a atenção. Com uma suave voz à cantarolar cantigas e cirandas de amor. Pássaros acompanham a melodia, junto com cigarras e vagalumes... Entoam e ecoam por todo o espaço do coração uma bela canção ao luar. É a força da Natureza à chamar... Está na flor, em mim, em ti... Está por todo lugar!
É preciso parar e cessar, esvaziar-se de si mesmo, entregar-se à imensidão da qual fazemos parte em nossa essência de pó de estrelas... Sentir-se parte do TODO.
Nesta caminhada me apresento cheia de esperança para que eu possa me purificar, observar meu caminho, sentir o pulsar do coração e me conectar limpa com essas Supremas Forças... Resplandecer meu ser! Girando em harmonia pelo espiral do verdadeiro tempo! Em plenitude com meu Sagrado completado. Ser Divino! Ser Luz! Ser Amor e claridade!
Com minha coroa conectada com o Astral, meu coração ampliando suas vibrações, os pés firmados na Terra e com a espada e o escudo nas mãos, estou pronta para triunfar!
Para a vida ser sempre feliz!

sábado, 16 de outubro de 2010

Unindo elos...

    Caminhos abertos, estrada florida...  É tempo de florescer alegrias!
    O destino vai se revelando de acordo com o tempo e nosso merecimento.
    Sem aflição ou pressa, vai chegando até nós tudo aquilo que já estava escrito nas Estrelas do Astral.
    Nosso poder de escolha se mantem livre,  sempre!
    Tanto para se chegar onde estamos, quanto para progredir firmemente neste caminho de alegrias resplandecentes e sem fim, tudo depende de nós mesmos!
    As escolhas que vamos fazendo vai moldando o tempo presente e já plantando novas sementes para o futuro.
    Sempre atentos à pensamentos e emoções para que estejam sempre ligados à forças Superiores, nos permitindo continuar vivendo experiências Sublimes e Divinas.
Este encontro, neste momento... nesta vida, nos traz  mais força, nos impulsionando à frente com mais coragem e firmeza para batalhar. Encantando e colorindo.
    A união de forças, para se alcançar mais, irradiar mais, realizar mais... Dentro desta cumplicidade, nos entregando e sendo guiados pelas instruções do alto, intruções Superiores, com objetivos maiores, seguindo os desígnios Divinos... 
    Transcendendo a matéria para efetivamente sermos a potência do Divino na Terra, caminhando pelos primores da Verdade, da Justiça e do Amor.
    Como o Sol e a Lua... Sagrado Masculino e Sagrado Feminino juntos com o propósito de unificar. Juntos somos UNO e ainda somos parte do TODO!
                                     Gratidão eterna pela vida!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Mares de mim...

Quantos mares naveguei... Quantos me aportei...
Alguns apenas me deliciei nas suas imensas piscinas naturais de esplendor, beleza e realização.
Outros, viajei no silêncio de suas ondas calmas... A noite, as estrelas à brilhar em sua própria imensidão!
Serenei... Acalmei... Devagarinho descobri aquilo que em essência sou... 
Espuma branca nas ondas do mar...
Brisa tranquila nas alturas do Céu...
Noite serena com vagalumes à iluminar...
Vôo liberto de borboletas...
Estrela brilhante no céu... Estrela dançante no mar...
Vida... magia... doçura...
A fé chega para aprumar, pois estamos aqui para ser tudo aquilo viemos ser! Com fé, a gente chega lá...
Que o brilho das cores do arco-íris continue a nos iluminar dando ao nosso pensamento a força necessária para realizar!
Viva a proteção de São Miguel Arcanjo!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Abram-se os Portais do novo ciclo!



Que este novo ciclo seja abençoado pela magia dos elementos e elementais da Natureza.
Que traga toda a prosperidade semeada.
Que o coração pulse com tranquilidade e se conecte com toda bondade.
Que a vida floresça em novos perfumes e cores.
E floresça também a bondade contida em nossa essência... Trazida à Luz da realidade, da verdade!
Que pássaros encantados enfeitem este momento singelo, um humilde pedido de uma flor de esperança.
Que a vida seja sempre assim... Suave e doce... Repleta de felicidade e alegria!
Que esta paz seja expandida à todos os seres e que todos se alegrem com mais uma chegada da Primavera!
Floresça... Cresça... Permaneça!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

No compasso do amor sem fim!

 Vou prestando atenção no movimento sútil do Universo.
Canalizando informações e aplicando elas em minha vida para testificar a verdade.
Estudando como é o funcionamento das vibrações dos pensamentos, a frequência de suas ondas, o poder desta movimentação e o que ela traz de volta à mim em seu infinito ecoar!
Preparando a terra, adubando e semeando...
Sementes de calma e tranquilidade... Com ondas bem lentas que refletem a mansidão da paz.
Sementes de perseverança e suas ondas firmes e bem definidas pela certeza de alcançar...
Sementes de amor e carinho... Com delicadas ondulações que dançam no compasso do coração pulsante de alegria...
Sementes da firmeza... Nas ondas vigorosas e marcantes, que ampliam a consciência da certeza de perseverar em seu propósito maior.
Como diz uma música encantada da mata: Se 'a sementeira está dentro de seu pensamento', me firmo na consciência e atenção que meus pensamentos requerem, para estar sintonizada sempre com as energias mais sutís, puras e sublimes.
Para que em minha vida sempre brotem flores radiantes de amor... Flores harmoniosas e perfumosas... Flores coloridas!
Para que eu seja em matéria aquilo que já sou em essência... Essência serena e luminosa!
Para que meus passo sejam a realização da verdade... Provada e testificada.. Refletida através dos meus atos!
Para que qualquer padrão negativo seja modificado e transformado em vibrações duplas de positividade e satisfação...
Que este novo pulsar no centro de meu ser, atraia e desperte cada vez mais, pessoas com o mesmo propósito de se transformar!
Sou a calma e sou a Paz... Sou o sonho do realizar!
Sou a Luz, o Amor... A minha estrela guia!
Faço parte do infinito... Poeira cósmica e cintilante, que no véu da noite, abrilhanta o pensamento.
Eu Sou... Sou Eu, aqui...Ali.. E em todo lugar estou!
Que todos os seres sejam felizes..
Namastê!

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Floreando caminhos...

Vou seguindo entre raminhos, estes verdejantes caminhos que se abrem.
Flutuando entre nuvens, lançando-me junto das chuvas benditas que vem regar o chão, molhar a terra e alimentar cada semente de esperança plantada.
Fico sentada, olhando a imensidão... Dos pensamentos, dos desejos, dos sonhos que virão... Esperando germinar lentamente as flores do meu coração.
Neste período de incubação, aproveito para realinhar a energia desses pensamentos, confiar na esperança do realizar, para que quando esta flor brotar, floresça com ela a fragância da pureza da fé. Fé que me guia, me move e me ensina... Ajuda a entender os caminhos dentro do meu desígnio.
Floreando meu destino, vou seguindo... 
Esperando o grande presente do tempo, que harmoniza e retribui a semeadura com mais beleza, para que esta a Primavera seja repleta de flores verdadeiramente perfumosas.
Peço força para aguentar tamanha beleza e perfeição da Natureza!
Caminhando e sempre cantando o amor, com amor...

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Gratidão...

Resplandece a certeza dentro deste novo ser que nasce mais uma vez após mais um giro em torno do Sol!
A firmeza, a clareza, o amor fazem parte dos fertilizantes que regam esta semente plantada.
Com trabalho, dedicação e esforço podemos galgar outros entendimentos, finos e sublimes.
Radiante neste amor e compreensão, estou plena e satisfeita para continuar meu caminhar... Aproveitar os primores que o Astral vem trazer nessa época tão festejada em meu coração.
Fazer o bem, sem olhar a quem... Escutar, ajudar, compartilhar deste brilho... Irradiar esta força renovada pelo espaço a fim de atrair ao meu redor pessoas desta mesma vibração, que sinta a intensidade deste brilho e valorize estes dizeres no mais profundo de seu ser.
Busco em mim e o reflexo da transparência dos cristais, a pureza das cachoeiras e o conforto do Mar.... Harmonizando com a força da Natureza, sincronizada em seu tempo, para que de passo em passo seja realizado!
Coração alegrepor ter depositado sua devida confiança. Assim o mundo gira e traz à mim, tudo aquilo que já é meu!
Brilha Estrela Divina!

sábado, 26 de junho de 2010

Serena-mente...



Recolhida no centro de mim mesma...
Silenciando expectativas... Apenas observando o curso das águas calmas do meu coração.
Navegando nesta imensidão, conquistando em cada porto a paz almejada.
Remando lentamente, sem pressa, neste Rio da Vida, Rio das transformações, Rio que nos ensina sua mansidão.
Com os pensamentos iluminados pela Luz da Lua, das Estrelas e dos Astros do firmamento, vou seguindo este fluxo, rumo a mais uma realização.
Silenciando para ouvir apenas a suave voz que habita em mim, junto com o cantar dos passarinhos e o bater de asas das borboletas cintilantes ao redor...
Vou seguindo, enfim... até o fim!
Para sempre permanecer nesta paz!

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Óh Universo!

Que os sinos entoem suas melodias por todo o espaço.
E o som das cornetas sejam ouvidos por todos!
As vozes angelicais descendo lá do alto do astral até o mais profundo íntimo de cada ser vivente na Terra!
Que todos os seres se levantem para receber mais uma vez a presença do Divino.
Neste dia tão feliz e festejado, desejo que a fogueira do amor em meu coração transforme em saúde e paz todos os meus pensamentos e principalmente as minhas ações. Que não reste nenhuma maldade. Tudo limpo e claro como a Luz do dia!
Feliz são os passos em direção ao sublime! 
Hei de vencer e triunfar!


Que os festejos de junho tragam muita alegria à todos.
E que possamos ser abrasados nessa chama poderosa e transformadora de São João Batista!!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Deixa fluir...



O tempo vem mostrar tudo aquilo que plantamos no amor, na dor...
Na dor, planto sementes da evolução, sempre buscando melhorar e aprimorar as técnicas para futuramente alcançar.
Este plantio é dolorido, mas vez ou outra é necessário fazê-lo. Com muito trabalho e dedicação podemos colher bons frutos no final da estação.
No amor, planto as mais belas flores, com cheiros e sabores de cores e primores, recheadas com mel... Flores que esperam vagarosamente, ao seu tempo, seu amado Beija-Flor das Matas chegar... Se aproximar... Se saciar na beleza e na pureza terna e segura de suas pétalas.
Voar... Sobrevoar... Suspirar os doces tons deste imenso amor.
A presença do Beija-Flor ainda traz consigo a emoção do momento presente... A felicidade da vida e de suas realizações e criações divinas...
Traz o perfume do novo ser com promessas da sublime evolução.
Hoje, recebi uma boa notícia, que veio presa no bico deste Beija-Flor de Amor... Resta descobrir qual é a parte de mim que haverá neste 'serzim'.
Há de ser este amor incondicional pela vida, pelas amigas, a gratidão de existir!
Bem-vinda e louvada seja tua presença nesta vida! 

sábado, 12 de junho de 2010

Intensas vibrações...

    O Sol raiou, trazendo a luz para quem quer enxergar, nos livrando das trevas escuras onde não se vê onde pisa. 
    Na naturalidade de sua existência luminosa, vem corrigindo e equilibrando a frequência de vibração, na sintonia fina da positividade.
    Cada obstáculo... um ponto a mais para aprendermos. Cada aprendizado... um ponto a mais para evoluirmos.
    Percebo pelo meu caminhar que este caminho da evolução é árduo e a batalha é contínua...

    Orai e vigiai!
    Vigiai os pensamentos que não servem ao meu bem mais elevado.
    Vigiai se as atitudes correspondem a este bem-fazer.
    Vigiai os sentimentos transbordantes do coração, equilibrá-los, tranquilizá-los para utilizar esta harmonia em meu favor.
    Vigiai as ações para que reflita a verdadeira intenção do meu interior.
    Nesta singela vibração de harmonia, desejo prosseguir minha caminhada com muito amor, carinho e dedicação, pois desejo merecer tudo o que há de bom nos finos fios desta energia positivo do Universo. Que conspire a favor de mim! Vinde em meu auxílio! Não me deixe cair, nem tombar... Permita que eu tenha forças para seguir e prosperar!
    Que todos os seres Divinos me acompanhem... Assim seja! Amém...

sábado, 5 de junho de 2010

Mais um giro em mil sóis...

Hoje vim dizer de mim... As passadas dadas em direção ao fim!
Hoje a agonia se finda, com o soar dos sinos dos pêsames, tocando e embalando as lágrimas de tristeza desta imensa perda.
Jaz aqui um ser que já não é mais, um ser que deixou sua existência terrena e resolveu firmemente acompanhar o suave caminhar de sua essência. Jaz também sonhos passados que não se concretizaram, caminhos errantes, atitudes duvidosas.
Neste mesmo instante, utilizo desta intensa força de transformação para fazer renascer mais um belo, leve e novo ser, desabrochando no brilho das flores, revelando pétala por pétala na calma e no compasso do tempo sereno do Universo. Aguardando o momento de todos os delicados movimentos necessários para este renascimento. No útero de minha Mãe Celestial aguardo, e já sinto os aromas verdejantes desta bela campina em flores...
Sem pressa e nem ansiedade, na quietude do silêncio profundo no âmago de mim, que sempre almejou alcançar um pedaço desta Paz!

segunda-feira, 12 de abril de 2010

No pulsar do coração






Há sempre uma bela canção que ecoa do centro de meu pensamento, que chega com a vibração do mar, do ar... Suaves tons! Cheios de alegrias e de brilhos, como um presente do tempo das colheitas à brotar.
Faz o corpo se contagiar e dançar na magia do luar, no reflexo que vem de dentro...
Lá na altura dos pensamentos enevoados, a luz por entre eles surgiu e raiou o novo dia em mim, fazendo o vôo ascender, me fazendo ver a totalidade de meu humilde existir.
Aqui, neste lugar que meu Pai me colocou! Para ser tudo aquilo que vim para ser! Caprichar nos detalhes e apresentar ao Criador a verdade confiada em nosso caminho. Prosperar e crescer.

Que cresça e aumente em mim o Amor, a gratidão, a fé e o discernimento, para eu seguir o meu caminho com os pés conectados com a Terra e que nossa Bendita Mãe me abençoe, purifique e ajude a me transformar neste  novo ser. Acreditar neste novo nascimento e ser a essência da minha existência divina.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Aqui, neste lugar...


Cheguei em mais um ponto desconhecido, vou caminhando e tentando entender...


Parece um vôo livre por entre nuvens, olho para um lado e para o outro e não vejo ninguém. As vezes o céu fica bem azul e sua imensidão me faz acalmar, mas logo à frente vem um nevoeiro e me sinto insegura quando o alcanço. São nuvens espessas, carregadas de sentimentos... pensamentos, quando se aproxima tento escapar, mas um magnetismo fica a me puxar. Adentro na nuvem negra das incertezas... Quando fora dela consigo racionalizar, mas lá dentro, o coração para de pulsar, me deixa sem ar, sem rumo nem direção, o pior medo é não conseguir sair...
Voando contra o vento, as forças se esgotando, o pensamento delirando num sonho que não é mais real.
É duro deixar de lado o que com muito gosto construí... Me despí tão intensamente que neste momento o frio fere muito mais fácil.
As pétalas caindo, uma a uma... Acompanhada de lágrimas.
É doce os sorrisos e as lembranças, é doce também o sabor da esperança de realizar esta salvação. A salvação de mim mesma, torcendo para encontrar algum alento naquela luz do Sol brilhante lá fora à me esperar.
Se devemos ser a mudança que nós mesmos queremos, neste momento almejo que o céu venha se mostrar, junto dele, estrelas e luas e sóis, tudo para enfeitar este humilde coração transbordante de amor, para revitalizar a força contida na essência de mim, para superar as dores, aprender com mais este ensino sem precisar cair.
Que a fé contida nas linhas da minha vida me guiem para fora do nevoeiro, me faça ver, enxergar, agir, ao invés de chorar.
Que todas as cores do arco-íris me mostrem o seu poder de transmutar.
Até quando serei a lagarta que apenas sonha em ter um dia asas para voar?
Na imensidão do céu procuro novamente o caminho escondido no meio de árvores e flores e com o mínimo de espinhos, para voltar a colocar meus pés no chão e caminhar suavemente no compasso tranquilo do coração em paz.

Que a harmonia do Universo me acompanhe... Seguirei em frente!

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

As batalhas...


Neste constante caminhar as batalhas são diversas... Quando uma é finalizada é apenas para que a outra se inicie, sempre um nível acima para quem se compromete com a evolução.
Na batalha com meu ego, é difícil ver quem está certo, mas é necessário prosseguir e perseverar.
Varrendo o orgulho, não para debaixo do tapete e sim para que nunca mais se aproveite da boa vontade da mente em lhe escutar.
Jogar um balde de água para lavar as mágoas e voltar a sentir o doce perfume das flores da limpeza.
Com sutileza, escutar o coração, ouvir bem sua canção de paz, reproduzí-la por todo o espaço, gravando bem para não esquecer, se lembrar sempre que precisar novamente dançar a dança da transformação e não se perder no vazio do silêncio que as vezes persiste em bagunçar o pensamento.
Tentando reafirmar meu caminho, revejo todos os trechos, para que não sejam mais cometidos os mesmos erros, me desfaço de excessos para continuar no caminho reto do realizar.
Meus passos a seguir são incertos, não no sentido de não saber, mas no sentido de viver o momento presente, tentando me sintonizar com o futuro daquilo que meu coração deseja tão alegremente, pois tenho certeza do quero, a harmonia e a paz de todos os momentos, sem nenhum outro pensamento a perturbar, quero o sorriso sincero de um guerreiro, aquele que enfrentou exércitos inteiros e viu sua fé e perseverança triunfar no final. Quero me despir de toda essa dor, do temor de não encontrar um porto seguro para aportar no meio do mar revolto. Quero uma praia de águas tranquilas, o céu bem azul e o sussuro do mar. Quero ser feliz, pois Sou a Luz que mais brilha neste imenso céu de mim mesma! Sou resplandecente e desejo apenas e unicamente iluminar... à mim... à ti... ao redor de mim... Um lado e o outro para não haver mais sombras neste eterno caminhar...
Com esperança hei de alcançar!

sábado, 6 de fevereiro de 2010

A solidão...


Ah, esta minha solidão!
Melancólica e dolorida.
Neste vazio que não começa e não termina, e não vejo raiar o dia da esperança renascida.
No escuro que caminho não distinguo se é flor ou é espinho este pequeno raminho que estou à tocar.
Ouvindo o som do coração, fico em silêncio, fecho os olhos e presto atenção para poder de alguma sorte escutar o que ele bem baixinho está a me falar. Será um sussurro do vento ou o gemido do mar? Será a voz das estrelas ao luar? Será as asas dos pássaros à tilintar esta canção melancólica a me embalar?
Na agonia deste escuro procuro firmar meu pensamento, nas alturas do firmamento, ver se a chuva ou o vento varre pra longe este triste pesar.
Lágrimas nos olhos, lágrimas do céu, será este o véu que impede o meu olhar?
Peço para a chuva bendita tirar esta névoa, me livrar de todas essas trevas e trazer de volta a alegria do meu realizar.
Óh noite enegrecida, com as estrelas benditas, vem brilhar no meu coração trazendo o presente do seu minguante luar prateado e junto neste céu estrelado, a mente voltar à iluminar.
Ilumine com a Luz das doces lembranças, o brilho da esperança, a saudade do seu olhar. Ilumine meu pensamento, com os carinhos dados por suas mãos, as flores ofertadas pelo seu coração, a certeza do amor entregue nesta dádiva.
Abençoe, minha mãe, esta sua humilde filha, que aqui suplica para reestabelecer a paz contida nas profundezas do teu mar... O mar... Amar.
Venha curar esta ferida, a qual só é resolvida, com o curativo da presença viva da sua compania. O amor é meu companheiro e quando ele não está, fica o vazio, da solidão, do frio da sua falta.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Ao interior...


Mente e corpo, conectados através da ponte do coração, com a presença Divina da espiritualidade.
Todos nós estamos assim presentes neste mundo. Com finos cordões de energia em movimento canalizamos formas... pensamentos... A parte mais fina de tudo isso grava na memória eterna o que sentimos e todos os aprendizados que vamos tendo. Com ou sem consciência da movimentação desta massa 'invisível' nascemos e vamos crescendo neste planeta.
Desde a infância construindo nosso caráter, cometendo erros pelos nossos defeitos, caindo, levantando, aprendendo. Vamos preparando a terra e já semeando alguns desejos.
A próxima fase chega com suas provações, para testar e mostrar o quanto ainda estamos despreparados, vivendo a vida no momento de um lampejo, sem medir consequências e nem se preocupar com o futuro... E o tempo vai se passando, trazendo provas cada vez mais difíceis... Mesmo assim as vezes 'faltamos à aula', ou não prestamos atenção. No final do ciclo chega a recuperação. Como é duro ter que perder tempo revendo o que já foi mostrado e nós em nosso insignificante engradecimento do ego não nos permitimos estudar. Julgando demasiado entediante ou 'atrasado demais'.
Fase por fase vamos passando através do movimento do tempo e do vento.
Como as 4 estações do ano, sempre mudando e trazendo a essência da vida em cada folha caída no Outono, cada vento frio no Inverno, cada flor desabrochando na Primavera para voltar a sentir a intensidade dos raios solares no Verão.
Sem esperar, percebemos que já não somos mais tão despreparados, que por nossas vidas já passaram diversos Sóis de Verão, nuvens e flores primaverís, temos uma base construída pelo nosso próprio caminhar, meio titubeante em alguns pontos, mas conseguimos chegar no portal da maturidade.
Que belo é este portal!
Entra-te por sua passagem e verás as novas e belas paisagens.
É a vida, mostrando os mistérios de suas faces.
Aqui, onde o rio encontra o mar... Não há tempo para duvidar, não há passo sem racionalizar, não há espera sem o encontrar.
Aqui, onde o arco-Íris veio se deitar... Tem enfeites para lhe ofertar, tem rosas brancas para perfumar e tem palavras doces para acalmar.
Aqui, onde as nuvens faz relampejar... Tem a vida à iluminar, tem caminhos para se trilhar e tem estrelas sempre à brilhar.
Aqui, onde o terreno se funde com o celestial... Tem primores para se alegrar, tem amores para acalentar e tem a vida para se firmar.
Eternamente grata...